CONJUNTIVITE




A conjuntivite é a inflamação ou infecção da conjuntiva, membrana transparente responsável por cobrir toda a região branca dos olhos e superfície interna das pálpebras.


Pode provocar nos olhos coceira, vermelhidão, secreções, lacrimejamento, inchaços, ardência, sensação de areia, entre outros sintomas.

Embora seja uma doença muito comum costuma causar diversos boatos a seu respeito.


Hoje vamos desvendar alguns desses mitos.


A conjuntivite é dividida basicamente em 3 tipos: VIRAL, BACTERIANA e ALÉRGICA.


VIRAL: é a mais comum. Surge em 1 dos olhos e depois de 3/4 dias pode passar para o outro. Os olhos ficam vermelhos com lacrimejamento em excesso, ardência e formação de muco. O olho costuma amanhecer grudado e durante o dia ocorre um excesso de lágrimas.Não há tratamento específico, mas o uso de compressas de água fria e colírios lubrificantes podem ajudar a melhorar o desconforto.Costuma desaparecer sozinha após alguns dias, é altamente contagiosa e geralmente está associada a algum resfriado ou garganta inflamada.


BACTERIANA: Como a conjuntivite viral, surge em 1 dos olhos podendo logo atingir o outro.Seus sintomas incluem olhos vermelhos, ardência e formação de secreção purulenta (pus). Bactérias como Staphylococcus e Streptococcus muitas vezes são as responsáveis pela conjuntivite bacteriana. Sua gravidade vai depender do tipo de bactéria envolvida e seu tratamento é feito com colírios a base de antibióticos. Os sintomas costumam desaparecer após 1 ou 2 semanas. Também é contagiosa.


ALÉRGICA: Normalmente surge nos 2 olhos,pode ser sazonal ou perene.A sazonal é mais comum e se manifesta em pessoas que possuem outros tipos de alergia como rinite e bronquite,por exemplo, e em meses de primavera e verão.A perene surge o ano todo ocasionada por alergias a substâncias como poeira, pólen, mofo, produtos de beleza, entre outros.O tratamento consiste no controle do fator alérgico e pode ser feito uso de colírios lubrificantes para reduzir o desconforto.



A água boricada pode até aliviar os sintomas da conjuntivite, mas é um composto químico capaz de causar alergias intensas e seu uso não é aconselhado.Só deve ser usado água natural ou mineral fria na limpeza e nas compressas, para o alívio do inchaço.





As mãos estão cheias de micro-organismos e bactérias que são capazes de transmitir diversos tipos de inflamações e infecções. Além disso o ato de coçar os olhos pode causar outros danos a córnea e ao globo ocular.Portanto o ideal é não coçar.




Apesar de possuir diversos benefícios para o bebê não há nenhum estudo que confirme a teoria acima. Além disso há o risco de não estar usando a medicação correta no tratamento da conjuntivite. Não se deve fazer automedicação ou uso de receitas caseiras.


A melhor forma de evitar o contágio é a prevenção. Higienize sempre as mãos, evite levar as mãos aos olhos e compartilhar objetos pessoais como toalhas, fronhas, maquiagens, óculos, etc.


Em caso de sintomas deve-se procurar imediatamente um médico oftalmologista para diagnóstico e tratamento adequados para cada tipo de conjuntivite.


E você? Ainda tem alguma dúvida em relação a conjuntivite? Conta pra gente nos comentários.

Próximo Posts
Posts Are Coming Soon
Stay tuned...
Posts Recentes
Archive
Pesquisa por Tags
No tags yet.
Siga-nos
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone Facebook

Av. Meriti, 2591 sala 314  |  Vila da Penha  |  Rio de Janeiro 

  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone Facebook